Resultado do IDEB 2015 no Estado de Roraima

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais – INEP, órgão ligado ao Ministério da Educação, divulgou os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB, relativos a 2015. O IDEB é calculado a partir do rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e do desempenho dos alunos na Prova Brasil, aplicada pelo Governo Federal a cada dois anos com metas projetadas até 2021, quando a expectativa para o país é obter a nota 6,0, elevando o Brasil a categoria dos países desenvolvidos. Cada escola do País recebe uma nota, assim como as redes de ensino, os municípios e os estados.

Resultado do IDEB no Brasil

No Brasil as notas não são muito otimistas, devido a alguns estados que não estão fazendo investimentos adequados na área de educação. Ao observar as notas isoladas dos estados, existe um crescimento, principalmente na região sul e sudeste, no entanto, quando faz um cômputo geral observa-se um decrescimento das notas. É preciso um maior empenho dos estados que não estão melhorando as notas do IDEB. Esse trabalho é especifico para o estado de Roraima, na região norte, um dos estados que precisa melhorar substancialmente a educação para atingir a meta nacional.

Rede Estadual de Roraima

A Rede Estadual de Ensino do estado de Roraima nos anos iniciais e finais do ensino fundamental, respectivamente, obteve a nota 5.1 e 3.7, no ensino médio a nota de 3.4 em 2015. No ranking nacional, na 16ª posição nos anos iniciais, 20ª posição nos anos finais do ensino fundamental e na 13ª posição no ensino médio. Quanto à meta no estado, a Rede Estadual obteve uma pequena melhora nos anos iniciais do ensino fundamental em 0.2, queda nas duas etapas seguintes, no ensino fundamental anos finais, de -0.7 negativos e ensino médio de -0.8 pontos percentuais negativos em relação à meta 2015.

Rede Privada de Roraima

A Rede Privada apresenta um decréscimo no ensino fundamental anos iniciais com nota de 6.8, com 1.7 pontos percentuais positivos acima da nota da Rede Estadual, nos anos finais nota de 6.0, com 2.3 positivos em relação à Rede Estadual e no ensino médio nota de 5.6, 2.2 pontos percentuais positivos também acima da Rede Estadual. Mesmo com notas bastante acima das notas da Rede Estadual, ficou abaixo da meta nos anos iniciais em -0.3 pontos percentuais negativos, uma queda grande nos anos finais do ensino fundamental de -1.1 pontos percentuais negativos e no ensino médio atingiu a meta de 2015.

IDEB na Região Norte

Na Região Norte a Rede Estadual ficou na 4ª posição nos anos iniciais do ensino fundamental, à frente de Tocantins, Amapá e Pará. Enquanto a Rede Privada perdeu duas posições caiu para 3ª posição, em 2013 esteva na 1º posição na Região Norte. Nos anos finais do ensino fundamental, a Rede Estadual, ficou na 5ª posição. A Rede Privada saiu da liderança, caíram duas posições foi para a 3ª posição do ranking da Região Norte. No ensino médio a Rede Estadual permanece na 3ª posição, acima de Rondônia, Tocantins, Amapá e Pará. A Rede Privada em relação a 2013 subiu duas posições na nota de 2015, obteve a 1ª posição no ranking da Região Norte. O estado do Pará é o último da Região Norte e do Brasil.

Evolução do IDEB nas redes: Estadual e Privada

Quanto à evolução do IDEB no estado, a Rede Estadual nos anos iniciais do ensino fundamental apresenta uma pequena melhora ao longo dos anos, desde o inicio em 2005 (3.5), 2007 (3.5) 2009 (4.2), 2011 (4.5), 2013 (4.8) e 2015 (5.1), culminando em 2015 atingindo a meta do estado. Nos anos finais do ensino fundamental a Rede Estadual retrocedeu ao ano de 2009 (3.7), obteve nota igual em 2015, ficou abaixo da meta em -0.7 percentuais.  No ensino médio, com nota em 2015 (3.4) menor que a nota de 2009 (3.5). Resultando em uma melhora em 2015 nos anos iniciais do ensino fundamental, uma estagnação nos anos finais do ensino fundamental e uma piora no ensino médio.

Na Rede Privada nos anos iniciais do ensino fundamental, não houve avanço, obteve a mesma nota de 2013 (6.8), ficou abaixo da meta de (7.1), perdeu -0.3 pontos percentuais negativos. Nos anos finais do ensino fundamenta, obteve nota de (6.0), ficou abaixo da meta em -1,1 pontos negativos. O ensino médio da Rede Privada apresenta crescimento desde 2007, em 2015 obteve a nota de (5,6) atingiu a meta projetada (5.6), assumiu a primeira posição no estado e a nível nacional a única rede que atingiu a meta, muito embora ficando na 7ª posição do ranking nacional. Resultando uma queda em 2015 nos anos iniciais do ensino fundamental, um retrocesso nos anos finais do ensino fundamental com nota inferior a nota de 2005 e uma melhora no ensino médio.

Um forte e grande abraço

Damião Maximino

Baixe o Arquivo em PDF

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *