Resultado da Avaliação Pisa 2015 Brasil

Em 2015, o foco principal do PISA recaiu sobre o domínio de Ciências. Desde a primeira edição do PISA, realizada em 2000, o Brasil vem participando dessa avaliação internacional na condição de país convidado. O Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – tem sido, desde o primeiro momento, o responsável por essa avaliação no Brasil.

O relatório que ora se apresenta à comunidade de educadores e responsáveis pela formulação e condução das políticas educacionais para a Educação Básica tem, assim, como principal objetivo apresentar os resultados brasileiros no PISA 2015 e iniciar uma discussão sobre esses resultados com vistas à melhoria da qualidade da educação brasileira.

Em Ciências.

No domínio de Ciências observa-se que os alunos das regiões Norte e Nordeste têm desempenho abaixo da nota do Brasil (401) e significativamente menor que os das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, com exceção de Mato Grosso e Rio de Janeiro. O estado de Roraima com (398), na 13ª posição no ranking nacional com (-3) pontos negativos em relação à nota nacional e (-95) pontos em relação à nota da OCDE. Melhorando em relação ao ano de 2006 (384) – ano que iniciou a avaliação por estados – com 14 pontos positivos. Porém permaneceu na mesmo posição do ranking nacional.

Em Leitura

No domínio de Leitura a situação se repete os alunos das regiões Norte e Nordeste tem desempenho abaixo da nota do Brasil (407) e menor que os das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, com exceção de Mato Grosso e Rio de Janeiro. O estado de Roraima com nota (403) abaixo da nota nacional em -4 pontos negativos e -90 pontos abaixo da nota da OCDE e com a posição 13ª no ranking nacional. Em relação à nota do Pisa 2006 o estado teve um avanço de 15 pontos positivos, mas permanece na mesma posição do ranking nacional, ou seja, a 13ª posição.

Em Matemática

No domínio da Matemática, o quadro é o mesmo dos domínios de Ciências e Leitura. O estado de Roraima com nota (373), -4 pontos negativos em relação à nota do Brasil (377) e -117 pontos da nota da OCDE, nesse domínio o estado precisa melhora muito. É sabido que tem estados piores como é o caso do estado de Alagoas que obteve nota (339), mas devemos ter como modelo o que obteve a maior nota o estado do Paraná (406). Em relação ao Pisa 2006 nota (353) o estado avanço em 20 pontos positivos.

Baixe a Planilha com os resultados dos estados brasileiros

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *