Resultado da Avaliação do Pisa 2006 Brasil

A primeira edição do PISA ocorreu em 2000, tendo Leitura como domínio principal. A segunda aplicação foi no ano de 2003, com ênfase no domínio de Matemática. Em 2006, o foco principal do PISA recaiu sobre o domínio de Ciências. Vale ressaltar que, em cada aplicação, embora a ênfase recaia sobre uma das áreas, as outras duas áreas também são abordadas.

Desde a primeira edição do PISA, realizada em 2000, o Brasil vem participando dessa avaliação internacional na condição de país convidado. O Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – tem sido, desde o primeiro momento, o responsável por essa avaliação no Brasil.

O relatório que ora se apresenta à comunidade de educadores e responsáveis pela formulação e condução das políticas educacionais para a Educação Básica tem, assim, como principal objetivo apresentar os resultados brasileiros no PISA 2006 e iniciar uma discussão sobre esses resultados com vistas à melhoria da qualidade da educação brasileira.

Em Ciências.

Observamos que os alunos das regiões Norte e Nordeste têm desempenho abaixo da média nacional e significativamente menor que os das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste. A Região Sul se destaca, tendo seus alunos alcançados média de desempenho bem mais alta que a média dos alunos das regiões Sudeste e Centro-oeste.

 

Em Leitura

O quadro é um pouco diferente. Tanto os alunos das regiões Norte e Nordeste, como os da Região Centro-oeste, situam-se abaixo da média nacional, embora a média de desempenho da Região Nordeste continue sendo significativamente menor que a de todas as demais regiões, e a média dos alunos da Região Centro-oeste ainda seja a mais alta dessas três regiões. Já o desempenho dos alunos da Região Sudeste, em Leitura, está mais próximo dos resultados da Região Sul, que mantém, também neste caso, a média mais alta.

Em Matemática

O quadro se repete. Os alunos das regiões Norte e Nordeste têm desempenho abaixo da média nacional e significativamente menor que os das regiões Sudeste, Sul e Centro-oeste. As médias dos alunos das regiões Sudeste e Centro-oeste são praticamente iguais e o desempenho dos alunos da Região Sul é, novamente, mais alto que o de todas as regiões.

Baixe a Planilha com os resultados dos estados brasileiros

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *