PIB – Produto Interno Bruto dos Municípios: 2010 – 2013

Em 2013, os sete municípios líderes no ranking dos PIB, (Tabela 4) municipais eram São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Manaus e Campos dos Goytacazes. Juntos, eles concentravam aproximadamente 25,0% do PIB do país e 13,8% da população. De 2010 a 2013, não ocorreu alteração significativa entre os municípios com maior participação no PIB.

Em 2013 as 27 capitais responderam por 32,8% da economia.

Com relação à participação das capitais na economia brasileira, em 2013, enquanto o município de São Paulo (SP) ocupava a primeira posição, Boa Vista (RR) ocupava a penúltima posição e Palmas (TO) ocupava o último lugar. Florianópolis (SC) era a única capital que não tinha o maior PIB entre os municípios de seu estado, onde os líderes eram Joinville e Itajaí.

Em 2013, a participação relativa das capitais no PIB nacional (32,8%) foi a menor. Em 2010, as capitais participavam com 34,3%, em 2011 com 33,7% e em 2012, com 33,4%.

Os municípios brasileiros têm 42,2% de dependência da Administração Pública.

Entre os municípios brasileiros, 2.349 (42,2%) tinham mais do que um terço da sua economia dependente do setor de Administração, Saúde e Educação Públicas e Seguridade Social. Em quatro municípios a participação da Administração Pública no PIB era superior a 75,0%: Guamaré (RN), Uiramutã (RR), 87,6%; São José de Princesa (PB), 84,3% e Santo Antônio dos Milagres (PI), 76,5%. Em Guamaré (RN) o valor adicionado bruto da Administração Pública era superior ao PIB, pois o valor adicionado bruto do segmento de refino de petróleo foi negativo.

No estado de Roraima a dependência da Administração Pública foi bastante elevada.

A Administração Pública tinha peso superior a 50% em 13 dos 15 municípios de Roraima. As exceções eram Bonfim (49,1%) e a capital, Boa Vista (37,8%). Em relação a região Norte, Boa Vista (RR) ocupava a 7ª posição.

Confira na Tabela abaixo, ou baixe o arquivo em PDF

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *